pt-PTen-US

Insista em si mesmo. Seja original.

BIOGRAFIA

Graduação| 4º Dan
Estilo| Shukokai, Kimura Shukokai
Clube| CNG

Nuno Manuel Gonçalves Dias, mais conhecido pelos amigos como Nuno Dias, iniciou a prática do karate em 1990, com 11 anos.

O seu primeiro clube foi os Bombeiros Voluntários da Parede (BVP). Nesta altura partilhava a paixão do karate com o futebol e jogava no União Recreativa e Desportiva de Tires (URDT). Dois anos mais tarde em finais de 1992 a secção de karate dos BVP chegaria ao fim, mas a paixão pela modalidade falaria mais alto e Nuno Dias pouco tempo depois ingressaria noutro clube: O Clube Nacional de Ginástica (CNG). 

Com a entrada nesta instituição o karate começou a ser mais que um hobby na vida do jovem atleta. Primeiro os estágios e depois as competições fizeram com que Nuno se interessasse cada vez mais pelo Shukokai, um dos muitos estilos de karate que existem no mundo e que era praticado no CNG. 
Meses mais tarde ganharia a sua primeira medalha ao classificar-se em terceiro lugar em kata (formas) no Campeonato Nacional de Karate Shukokai realizado na Vidigueira. Nuno era cinto laranja e competiu na final contra sete cintos negros. 
O futuro prometia ser risonho, para um pequeno karateca de corpo franzino e de baixa estatura. 

De 1993 a 1996 Nuno Dias subiu várias vezes ao pódio nas diversas provas em que participou. Porém seria em 1997 que se afirmaria no panorama do karate nacional ao sagrar-se aos 18, primeiro ano de juniores, campeão nacional de seniores da Federação Nacional de Karate (FNK-P). Foi neste ano também que tomaria uma decisão difícil ao ter que deixar de jogar futebol para se dedicar em exclusivo ao karate: Abandonou o União Recreativa de Tires, clube onde fez muitos amigos e que o marcaria para sempre. Pouco tempo depois era seleccionado para o Campeonato da Europa de Seniores, que se realizou em Tenerife. Esta foi a sua primeira presença nos “grandes palcos” internacionais. 

Em 1998 na África do Sul no campeonato mundial, com a selecção nacional de karate Shukokai, Nuno Dias escreveria uma página na história ao ganhar duas medalhas de ouro. Uma em kumite (combate) por equipas e outra, também em kumite na categoria de -80kg. O karateca de corpo franzino tinha desaparecido para dar lugar a um atleta alto de corpo tonificado, fruto dos anos de treino na modalidade. E era agora um dos melhores karatecas do mundo no seu estilo. 

Ao longo dos anos, Nuno Dias tem alcançado resultados de excelência para o karate, não só no seu estilo, como a nível federativo, onde se destaca os três quintos lugares em Campeonatos da Europa (EKF) em 2005, 2007 e 2010 ou a medalha de prata alcançada no torneio mais prestigiante do mundo em 2008, o Open de Paris. O atleta do CNG, o seu clube de eleição, continua a treinar para elevar o nome de Portugal pelos quatro cantos do mundo, e sobretudo a praticar uma modalidade que o preenche. E como ele diz: “Há quem procure uma vida inteira por algo que os satisfaça realmente, eu tive sorte encontrei o karate...”

 

Customer Support